16 de jun de 2011

A hora certa para chegar na Terra Prometida



Hoje, vou falar mais um pouquinho sobre o povo no deserto. Tava lendo aqui e tudo começou a se encaixar com a palavra que eu ouvi no culto ontem à noite. Aliás, nessa última semana, tudo que Deus tem me ministrado é como um quebra cabeça, uma peça vai completando a outra. Pensei em quantas coisas aconteceram desde que eu comecei a caminha com Jesus e em tudo que aconteceu antes de eu conhecê-lo mais profundamente. Assim como o povo que saiu do Egito, Deus também tirou da minha vida muitas coisas que não me faziam bem, que me prejudicavam e me faziam sofrer, como aquele povo quando estava no Egito. No versículo 41, do capítulo 15 de números, Deus diz a Moisés: - Eu sou o Senhor, o seu Deus, que os trouxe do Egito para ser o Deus de vocês. Eu sou o Senhor, o seu Deus .

Foi Deus quem tirou o povo do Egito, até porque se observamos a história, o povo não teria como sair se não fosse realmente a mão de Deus. E quantas vezes, eu esqueço que foi Deus quem fez tudo por mim até agora. Eu só estou caminhando, mas o reconhecimento é Dele, eu não mereço, quem tá fazendo tudo acontecer é Ele. Esse é um dos grandes perigos que passamos, quando nós achamos que fomos nós que conseguimos fazer. Eu nunca posso esquecer, que foi Deus quem me tirou do Egito e me separou para que Ele fosse o meu Deus. Ah! Nem isso foi eu quem escolhi. Ele escolheu ser o meu Deus, Ele escolheu me tirar do Egito, Ele escolheu a minha liberdade e Ele com todo o seu poder me libertou. Eu que já sou pequena, diante Dele fico ainda menor. Sem a mão de Deus, eu ainda estaria naquele mesmo mundinho que eu vivia há alguns anos atrás. Tinha alguns momentos de uma falsa alegria, que era passageira. Mas, vivia frustrada e me sentindo vazia. Chorava sem ter um motivo relevante e vivia acomodada. Até que Ele me escolheu e aí tudo mudou, ganhei amigos, comecei a sonhar mais alto, ter ousadia pra dizer não às coisas que não me faziam bem e conheci o que realmente é a liberdade. Só que, quem fez tudo isso acontecer foi Ele, Deus.

Em alguns momentos, eu já questionei o Pai porque certas coisas não aconteciam, porque as vezes parecia que eu não saia do lugar. Até tentava fazer do meu jeito, no meu tempo, mas no final, eu me frustrava, claro. A frustração era um sentimento que eu tinha no tempo do Egito e que eu devia ter deixado lá. Ainda no versículo 41, Deus fala: -Eu os trouxe do Egito para ser o Deus de vocês. Aqui, o Senhor falou comigo de forma muito clara. Quando eu estava no Egito, eu não deixava ele ser o Deus da minha vida, porque eu fazia as coisas e não deixava Ele agir. A frustração vem quando eu acabo agindo como se estivesse no Egito e não deixo que Deus faça por mim.

Agora que a palavra do culto entra na história. Na pregação ouvimos sobre o fato de Pedro negar que conhecia Jesus, se antes ele disse que estava pronto para ir com Jesus à prisão e à morte. Aí está a resposta, se as coisas ainda não aconteceram é porque eu ainda não estou pronta. Pedro, mais tarde, foi escolhido pelo Senhor para edificar a igreja e também foi crucificado de cabeça para baixo. Só que quando tudo isso aconteceu, ele já estava com a sua base fortalecida, sua estrutura estava bem formada. Na época que ele negou Jesus, Pedro pensou que estava pronto, mas sua base não estava apta para enfrentar as dificuldades. Sua base precisou de tempo para conseguir uma estrutura sólida.

Essa estrutura, eu adquiro no deserto e é ali que eu sou forjada pelo Senhor. Enquanto eu não chego na Terra Prometida, eu preciso fortalecer minha estrutura. É nesse tempo que Deus vai me capacitar, vai corrigir as minhas falhas e vai me preparar. Preciso esperar que Deus me diga a hora de seguir em frente e a direção a ser tomada. Voltando um pouquinho aos textos anteriores, já que eles se completam, se eu chegar na Terra Prometida antes da hora, antes de ter minha estrutura preparada, eu serei alvo fácil na mão dos gigantes e ainda estarei em rebeldia com as ordens do Senhor. Se eu batalhar sozinha contra o gigante e depender só da minha força, sem a ajuda do Senhor, o resultado com certeza não será bom.

15 de jun de 2011

Eu sou parecida com o povo que reclamava no deserto



Hoje, continuei minha leitura do livro de Números. Observei que, diferente do que eu falei ontem, quando o povo obedecia a ordem de Deus, agora eles tinham começado a reclamar. Deus mandava um maná do céu todos os dias e eles tinham a sua comida em mãos. No Egito, o povo era escravo e agora caminhava em direção à Terra Prometida. Agora você pode pensar: - Mas do que eles estavam reclamando? Eles estavam indo para um lugar melhor e tinham sido libertos da escravidão. Eles estavam reclamando do quê?

Eu tinha essa mesma dúvida e Deus me mostrou algumas coisas. Tão fácil julgar o povo que caminhava no deserto, né? Mas, nós fazemos a mesma coisa, sabia? Uhum, fazemos sim. Sabe por quê? Nós já conhecemos alguns dos planos que Ele tem para as nossas vidas. A palavra fala que a vontade do Senhor é boa, perfeita e agradável e mesmo assim a gente tem uma coisinha do que reclamar. É fácil ver a história do povo no deserto e criticá-los. Fácil porque nós já conhecemos o final da história, mas se nós estivéssemos na mesma situação daquele povo, como nós reagiríamos?

Em um certo trecho, o povo reclama porque estava cansado de comer o maná e queriam carne. Na verdade, o povo não precisava da carne para sobreviver, eles já tinham o maná. A vontade de comer a carne não era uma necessidade, mas um capricho. E quantos caprichos nós temos, hein! O povo perdeu o foco e não agradecia ao Senhor pela libertação, eles só reclamavam porque queriam mais e mais. Estavam agindo como interesseiros. Quantas vezes nós somos assim também, buscamos ao Senhor com interesse pelas bênçãos que Ele pode nos dar.

Mais pra frente, ainda em Números, chega a hora que algumas pessoas são escolhidas para fazerem o reconhecimento da Terra Prometida. Dentre os 12 escolhidos, a maioria voltou falando coisas negativas do lugar. Josué e Calebe foram os únicos que fizerem diferente do grupo. Aqui, mais um ponto que temos em comum com o povo que reclamava. Antes mesmo de tentarem entrar na Terra Prometida, eles acreditaram e se deixaram contaminar com as reclamações do grupo que foi fazer o reconhecimento de Canaã. Quantas vezes, nós já não pensamos assim: - Ah! Mas não vai dar certo. Pensamos isso sem ao menos tentar. Como nossas palavras podem definir o que conseguiremos fazer e o que não conseguiremos, esse povo realmente não conseguiu, como tinha dito.

Quando você confia em Deus e tem fé, Ele te honra. Repare neste trecho: “Mas como meu servo Calebe tem outro espírito e me segue com integridade, eu o farei entrar na terra que foi observar, e seus descendentes a herdarão” Números 14:24. Olha a importância do ato de Calebe, ele se posicionou e fez diferente da maioria. Isso trouxe a benção de Deus não só pra ele, mas para a sua descendência. Quem reclamou contra o Senhor, trouxe maldição e morte para os seus descentes.

Tá, mas o que eu aprendo com tudo isso? Você, eu não sei, mas eu aprendi que preciso deixar meus caprichos de lado e dar prioridade ao que realmente é importante no momento. Uma vez, eu ouvi em uma ministração que os planos de Deus são muito maiores do que os nossos sonhos pessoais e a história do povo que caminhava em direção à Terra Prometida é um exemplo muito claro disso. Preciso confiar no Senhor, deixar que os seus planos na minha vida se cumpram no tempo Dele. Ele já preparou tudo, eu só tenho que seguir as suas direções. Preciso agradecer mais e parar de ficar reclamando. E lembrando um pouquinho o texto de ontem, não sair correndo na frente da nuvem, antes de Deus mandar porque se não, eu vou ser torrada pelo sol e pelo calor terrível do deserto.

14 de jun de 2011

O Pai mais protetor que conheço


Quem nunca fez um machucado que doeu? Quem nunca teve um ferimento que ardeu? Quem nunca ficou  ansioso? Quem nunca se sentiu sozinho? Todos nós já sentimos isso. Esses dias, tava conversando com Deus e Ele me fez lembrar de uma frase que é muito comum ouvirmos de nossas avós e mães quando somos pequenos. Todas as vezes que eu me machucava (e não foram poucas!), quando uma delas ia passar um daqueles remédios que eu não gostava, elas me diziam: - Tá ardendo? Se ta ardendo é porque vai curar. Na hora, eu podia não gostar de passar a medicação na ferida, mas depois de alguns dias, ela realmente estava sarada. Algumas dessas feridas deixaram cicatrizes em mim. Hoje, eu até vejo as cicatrizes naqueles lugares onde eu me machuquei, mas agora, eu não sinto nada de dor. Pelo contrário, quando conto para alguém sobre isso, até consigo sorrir.

Deus me mostrou que nossa vida é parecida com esses tombos e arranhões que sofremos na infância. Para ele, nós somos como crianças. Crianças travessas que se machucam e correm pedindo colo ao seu pai. Mesmo que Ele já tenha tentado me orientar falando que eu poderia me machucar, Ele nunca me disse: - Eu já disse que isso não ia dar certo. Muito pelo contrário, Ele sempre me coloca no colo e enxuga todas as minhas lágrimas. Ele passa um remedinho na ferida e ela para de arder.

Na maioria das vezes, nos machucamos porque não queremos obedecer nosso Pai. Batemos o pé e fazemos as coisas do nosso jeito, na nossa hora e conforme a nossa vontade. Somos ansiosos e agimos por impulsos. Exatamente como as crianças. Mas Deus, quando nos escolheu, já sabia que iríamos errar. Ele nos conhece melhor do que qualquer um. Ele conhece todos os nossos defeitos e falhas. Como Pai, Ele sabe o jeito certo de cuidar dos seus filhos.

Quando o povo saiu do Egito e caminhava em direção à Terra Prometida, Deus colocou uma nuvem sobre eles. Durante a noite, ela era como uma coluna de fogo e durante o dia, não deixava que o calor do deserto prejudicasse o povo escolhido. Isso sim é saber como proteger alguém, não? Em Números 9: 22-23, podemos ver isso: “Quer a nuvem ficasse sobre o tabernáculo dois dias, quer um mês, quer mais tempo, os israelitas permaneciam no acampamento e não partiam; mas, quando ela se levantava, partiam. Conforme a ordem do Senhor acampavam, e conforme a ordem do Senhor partiam. Nesse meio tempo, cumpriam suas responsabilidades para com o Senhor, de acordo com as suas ordens, anunciadas por Moisés.”

Esse é o segredo! Se o Senhor mandar esperar, espere. Se o Senhor mandar partir, vá sem medo. Pode ser que agora, a ordem seja esperar, pode ser que você esteja caminhando, assim como o Senhor mandou e pode ser que você não conheça direito esse caminho. Se foi Deus quem realmente mandou você seguir, Ele não vai deixar que você fique sozinho, Ele vai continuar te mostrando as direções que você deve tomar. Se o esperar tá causando dor, tá ardendo e tá incomodando é porque ele está tratando um daqueles machucados que você tem. Talvez para que você possa seguir em frente, esse ferimento precise estar totalmente curado. Enquanto ele ainda está doendo, você não pode caminhar. Deixe que o Pai trate as tuas feridas e não seja como um filho ansioso, aquele que sai correndo antes que a ferida esteja totalmente sarada. E lembre-se: O segredo é seguir a ordem do Senhor. O que tá ardendo agora pode ser o remédio para o teu ferimento.

18 de fev de 2011

Orgulho morto, liberdade conquistada


Orgulho. Encontrei uma definição muito clara para esta palavra: soberba ridícula. Quem define isso não sou eu, mas o dicionário. Quero deixar bem claro que o sentido de orgulho que vou abordar não é algo relacionado a orgulhar-se de um pai, de um filho. Mas no sentido de vaidade, de altivez.

Não estou acusando ninguém, certo? Lembre-se: muitas pessoas tímidas são orgulhosas e eu também sofro desse mal. Luto para que isso morra dentro de mim. Ah! Como sofremos com essa pequena palavra que pode fazer um grande estrago dentro de relacionamentos e dentro de nossas próprias vidas.

Quantas vezes, guardei o meu orgulho e não tive a ousadia de perdoar alguém por algo que foi dito e me feriu. Esse sentimento só fez a minha dor aumentar. Guardei a mágoa, me incomodei e sofri.

O orgulho nos impede de admitirmos que estamos errados, já que ele faz com que nos sintamos as pessoas mais inteligentes e mais corretas do universo. Quanto engano, quanta presunção. Acho que estou sempre certa, mas o que consigo fazer sozinha? Nada. Afinal, sou dependente das pessoas que me cercam.

Deixo para pedir perdão depois, deixo para me arrepender depois, deixo para ser feliz depois. E se o depois for tarde demais? Não há tempo para ser perdido. As horas passam com rapidez e os anos voam depressa. Os dias são valiosos demais para serem desperdiçados. Quanto tempo você vai esperar?

Valorize as pessoas que te rodeiam, perceba as belezas que seu dia pode ter. Não reclame da chuva, não reclame do sol. Tire da gaveta aquele plano que está coberto pela poeira e que foi abandonado no tempo. Ame, perdoe, seja ousado, acredite nos seus sonhos, batalhe para que suas metas sejam alcançadas e mate o seu orgulho. Deixe que a verdadeira felicidade viva dentro de você! Não é utopia, mas realidade. Só é preciso acreditar e colocar em prática!


“O orgulho vem antes da destruição; o espírito altivo, antes da queda.”

Provérbios 16:18

1 de set de 2010

É ano de eleição. Em quem eu voto?




Política sempre foi algo que me despertou interesse, desde criança. Já faz alguns dias que desejava escrever algo sobre isso. Vários partidos, vários candidatos, várias propostas, várias promessas. Muitos assuntos que eu poderia abordar.

Já cansei de ouvir pessoas falando que não gostam de política, mas depois que os candidatos foram eleitos, elas reclamam de problemas na saúde, na educação, em diversas áreas. Acho que o texto de hoje vai ser um desabafo. Nunca falei tudo que penso sobre esse assunto. Talvez estas poucas linhas nem sejam o suficiente.

As pessoas reclamam e criticam, mas quem faz alguma coisa? Se existe um momento e oportunidade para tentar mudar o lugar em que vivemos, esse momento é agora. Você lembra em quem votou na última eleição? Acompanhou os atos do seu candidato nos últimos meses? Ou simplesmente deixou isso de lado?

Este é um grande problema da população. Vivemos no país do futebol, paramos tudo que estamos fazendo para assistir aos jogos da copa. E quem para cinco minutos para analisar as propostas e o que os candidatos tem feito antes das eleições?

Lemos notícias sobre esportes, mas não lemos a página de política. As pessoas que estão no poder fazem leis e as aprovam. Muito tempo depois, nós vamos tomar conhecimento e descobrir do que se trata.

Eu não vim aqui para fazer propaganda de nenhum político, mas para falar que precisamos abrir nossos olhos, pensar em quem vamos votar e descobrir os verdadeiros objetivos e a visão da pessoa que receberá nosso voto de confiança. Não tenho nada contra quem gosta de futebol, mas penso que a atenção que temos para com a seleção brasileira deve ser equivalente ao cuidado que temos na hora de escolher os candidatos em quem vamos votar.

Foi um desabafo, você não precisa concordar comigo. Mas pode pensar a respeito!

8 de abr de 2010

Vai valer a pena!


Hoje, conversava com uma amiga que me conhece faz algum tempo. Conversa vai, conversa vem. Lembra disso, lembra daquilo... Lembrei de fatos que aconteceram nos seis anos que eu a conheço.

Aí, Deus me mostrou quantas coisas se passaram nesse tempo, como era minha vida antes de eu conhecer o amor que Ele tem por mim.

Como era fazer as coisas na força do meu braço, no meu tempo. Normalmente acabava frustrada, era uma pessoa muito impaciente, sempre quis que as coisas acontecessem da forma como eu achava correta, não sabia esperar nada e normalmente isso acabava magoando os que me cercavam. Colocava minha confiança e minha dependência nas pessoas, novamente me frustrava porque queria que elas suprissem uma necessidade que só Deus poderia preencher.

Precisei renunciar coisas que gostava de fazer. Mas, se vierem me perguntar se valeu a pena, responderei com convicção: valeu a pena, sim! Responderei que faria tudo novamente.O amor de Deus é tão maravilhoso que me constrange. Mesmo quando eu falho, quando erro, Ele me corrigi, me mostra o caminho certo e me perdoa pelo que fiz de errado.

Não me arrependo de ter abdicado das coisas que gostava, pelo contrário, sinto que faço pouco por Ele, sinto que poso buscá-Lo mais. Quero cada dia mais da Sua presença, cada dia conhece-Lo mais, ter intimidade com Ele. Porque maior que tudo, é o amor que Ele sente por nós.

Sei que vai valer a pena ter renunciado a tudo, sei que já está valendo, porque já vivo coisas maravilhosas que Ele me proporciona. Sei que coisas melhores e maiores Ele ainda fará. Eu espero por Ele, sei que esse tempo não foi perdido, esse tempo é um período de aprendizado e preparação para o que Deus deseja fazer na minha vida.

Não quero ficar dando lição de moral em ninguém, nem tentar forçar a aceitar minhas idéias como corretas. A maioria de nós precisa ficar sem algo que gosta muito para buscar a presença do Senhor. Minha vó sempre fala: - Se não busca por amor, busca pela dor. E isso, eu não desejo que aconteça com você, que espere passar por dificuldades e momentos difíceis para busca-Lo, como aconteceu comigo e com muitas pessoas que conheço. Só quero fazer você refletir, hoje ou amanhã, o tempo que demore, Ele te receberá de braços abertos. Basta tomar uma iniciativa.

"Entrem pela porta estreita, pois larga é a porta e amplo o caminho que leva à perdição, e são muitos os que entram por ela. Como é estreita a porta, e apertado o caminho que leva à vida! São poucos os que a encontram.”

Mateus 7:13-14

14 de nov de 2009

O que você vai fazer hoje?


Hoje é sábado, para muitas pessoas o dia de hoje é sinônimo de balada e curtição.

Para mim é significado de presença de Deus. Muitas pessoas vão para festas nos finais de semana, chegam cansadas em casa e dormem o dia todo no domingo, tem ainda, as que nem voltam para suas casas. Trazendo preocupação para suas famílias. Mas, o que ganham ao final de tudo isso?

As pessoas buscam suprir suas necessidades em coisas oferecidas pelo mundo secular, como bebidas e relacionamentos. Mas, esse “vazio” que você tem, eu também já tive dentro de mim. Tentei supri-lo com várias coisas, mas não percebia que eu precisava era de Deus na minha vida.

Quero te dizer algo, nada adianta você colocar seu coração nas coisas do mundo. Colocar sua confiança em homens não mudará o que você precisa. Até porque pessoas não estão capacitadas para oferecer o que realmente buscamos, mesmo sem nos dar conta. Por esse motivo, nós nos decepcionamos tantas vezes ao longo de nossas vidas. Ainda que você pense que eu falo uma besteira, eu digo que já passei pela mesma coisa que você. Garanto, a falta que você sente é da presença de Deus.

Ele é o nosso criador, nosso Pai. Esse “vazio” é a saudade que você sente de buscar Ele. Deus te conhece muito mais do que qualquer pessoa. Ele te ama muito mais do que qualquer pessoa. Ele quer cuidar de você, basta você deixá-lo fazer isso. Ele quer tirar da tua vida todas as coisas que não te fazem bem. Dê o primeiro passo, o resto o Pai faz.

Não estou aqui para fazer propaganda de placa de igreja, mas quero te apresentar um local onde você encontrará uma família em Cristo, onde Deus falará com você. Hoje, às 20h da noite. Escute a voz d’Ele e você não vai se arrepender, eu garanto.

12 de nov de 2009

Sim ao cristianismo, não ao capitalismo



Fiz este texto durante a madrugada, não costumo e não consigo dormir cedo. Com a companhia de Deus durante a noite, comecei vários textos, mais de três, apaguei todos. Queria falar sobre simplicidade, o título do blog. Escolhi esse nome por eu gostar de coisas simples. Quando falo em simplicidade, aqui, estou me referindo às coisas que fazem parte do meu dia-a-dia. Tênis, calça jeans e camiseta. Não gosto de muita maquiagem, não gosto de salto fino, e olha que eu sou baixinha. É, costumo ser meio diferente do tradicional mesmo. Gosto de olhar a lua, as estrelas. Reparo nas pequenas coisas, nos pequenos detalhes. Mas, não vim para falar das minhas características, já que o texto tomou outro rumo.

Nesta hora grande parte das pessoas está dormindo, descansando do dia corrido que tiveram. Glória a Deus pelas pessoas que trabalham. Não estou criticando isso. Mas, venho fazer uma reflexão, muitas pessoas trabalham igual loucas para sustentar seus gastos. Esquecendo de valorizar os pequenos detalhes do dia-a-dia. O sorriso de uma criança, a chuva, o sol. A preocupação com nossos afazeres nos faz esquecer de todas as coisas que Deus preparou para nós, antes mesmo que acordássemos. Algumas pessoas acordam e antes de glorificar a Deus pelo sol, já reclamam. Se faz sol, reclamam do calor. Se chove, reclamam da umidade.

Faço uma crítica a esse mundo capitalista em que vivemos. Nos tornamos cegos. Muitas vezes esquecemos de valorizar as coisas que realmente merecem nossa atenção. Precisamos de roupas novas, tênis novos, bolsas novas, tudo novo. Relacionamentos estão sendo levados para esse meio. Casamentos que mal iniciam, já estão terminando. Pessoas enjoam umas das outras. As facilidades da vida moderna, realmente são facilidades? Mulheres feridas, machucadas. Casais iniciam um relacionamento, já pensando: - Se não der certo, eu me separo.

Os valores estão invertidos. Pessoas só pensam em trabalhar, trabalhar, trabalhar e consumir, consumir, consumir. Pais que tentam comprar seus filhos com brinquedos caros, mas esquecem que as crianças desejavam mesmo, eram alguns minutos de atenção. Precisamos acordar, não podemos ser dominados por este regime e continuar acomodados com a situação. Sei que isso pode parecer um discurso revolucionário, ou uma utopia. Mas precisamos sonhar. Sonhar com um mundo melhor, sonhar os sonhos de Deus. Sonhar com o cristianismo dominando o mundo e não o capitalismo. Sonhar com famílias restituídas. Estabelecer metas. Deus não quer pessoas acomodadas, Ele quer pessoas dispostas para trabalhar no Reino d’Ele. É o nosso Pai que nos capacita. Vamos acabar com essa imagem de cristãos bitolados, que vivem isolados no seu mundinho. Somos filhos do Rei. Precisamos falar do amor d’Ele para as pessoas. Não só falar, as pessoas precisam sentir esse amor dentro de nós. Vivemos batalhas diárias, mas se estivermos acompanhados por Deus, certamente essa batalha já estará ganha. Destrua o comodismo e se coloque à disposição de Deus, é Ele quem te capacita para a obra.

9 de nov de 2009

Quem faz os melhores projetos?


Hoje, parei para pensar nos últimos acontecimentos, os últimos dias, meses e até o último ano da minha vida.

Isso me faz ter a certeza de que é realmente a mão de Deus que está me protegendo e me guiando.

Eu não conseguiria fazer metade destas mudanças se elas dependessem da minha força.Tenho consciência que ainda faltam muitas coisas que precisam ser mudadas. Estou longe de ser uma pessoa perfeita

Meu único desejo é satisfazer a vontade de Deus, é Ele quem decide o que eu devo fazer e que rumo minha vida deve tomar.

Antes de me converter sempre tentava fazer as coisas na minha vontade, no meu tempo. Mas, sempre acontecia algo de errado. No início podia parecer que ia dar certo, mais tarde eu via que meus planos eram falhos.

Não tinha conhecimento de como é o tempo de Deus.

Hoje posso dizer que quando abrimos mão de nossas prioridades e deixamos que Deus coloque em ação os planos d’Ele, as coisas realmente acontecem.

Pode até ser que você faça a sua escolha, mas todos nós somos falhos, temos defeitos e o que planejamos não poderia ser diferente.

Deus fez muitas mudanças na minha vida.

A velha criatura jamais aceitaria essas mudanças. Mas, Ele é perfeito, faz tudo perfeito. Fez no tempo certo e da forma certa. Para que eu pudesse compreender.

E os projetos da sua vida? É você quem faz? Tá passando por dificuldades?
Ou está apenas vivendo por trás de uma máscara que esconde os verdadeiros valores que você tem?

Deixe de lado todo o orgulho. Não engane a você mesmo, decida hoje entregar a sua vida pra Jesus. Amanhã pode ser tarde. Deixe que Ele faça os planos por você. Acredite, vai ser muito mais fácil. Porque os planos d’Ele, ao contrário dos nossos, são realmente perfeitos.

10 de jul de 2009

Como será o seu futuro?


A maioria das pessoas dá mais valor para o ser do que para o ter, mesmo não admitindo isto.

Se toda a humanidade se importasse apenas com o que é, seria realmente muito mais feliz.

Mas, muitos de nós, acabamos julgando uma pessoa pelo seu gosto musical ou por um estilo que não aprovamos.

Hoje, eu quero te falar sobre alguém.

Sobre uma pessoa que gosta muito de você e que não se importa com nenhum “modelo de perfeição” imposto por pessoas.

Alguém que te escolheu quando você ainda estava no ventre da sua mãe.

Deus, ele é essa pessoa.

Ele vê tudo o que você passa e só precisa que você lhe dê uma chance para transformar a sua vida para sempre.

Quero te dizer, também, para colocar sua vida nas mãos dele e seus problemas se tornarão pequenos perto do grande poder de Deus.

Ele não se importa com seu cabelo, com seu peso ou com sua estatura.

Para Ele o que realmente importa é o seu interior.

Ele não se importa com as suas tatuagens, se você é magro ou gordo.

Não te julga se você gosta de rap, de rock ou de música clássica.

Ele te ama mais do que qualquer pessoa nesse mundo, eu garanto.

Ele é o seu criador e te conhece melhor do que você mesmo.

Ele conhece suas dores e cada desejo do seu coração.

Hoje, eu sou uma pessoa realmente feliz, devo tudo isso a Ele.

Deus tem tudo traçado, as vezes ficamos chateados por não entender o que ele nos planejou, mas acredite: só Ele sabe o que é melhor para nós.

Quantas coisas você arriscou em todos os anos da sua vida?

Lanço um desafio: “arrisque” colocar o seu futuro nas mãos dele, para que ele trace o seu destino. Eu garanto, você não irá se arrepender.

6 de mai de 2009

Realidade de ontem e de hoje

foto: Mary Ellen Mark




A imagem já diz tudo!

23 de abr de 2009

Nova criatura


Fiquei muito tempo sem postar nada.

Hoje venho por um bom motivo.

Falar sobre esta fase que passo a viver. Tudo se faz novo. Renuncio tudo que não agrada a Deus.

A velha criatura é morta. Passo a viver pelo Reino, pelas obras planejadas pelo meu Pai.

Servi-lo é a melhor coisa que pode acontecer. Isto me torna uma pessoa realizada e satisfeita.

Tenho consciência e o aceito como meu salvador.

Uns chamam de fanatismo, outros de lavagem cerebral, eu chamo apenas de: VERDADEIRA FELICIDADE.

26 de mar de 2009

Qual é a minha atitude para a mudança?


Você já parou para pensar, hoje, em tudo que acontece à sua volta?

Você viu algum fato que lhe chamou atenção? Tente lembrar. Não passou despercebido por algo que deveria ter dado mais importância? A correria do seu dia-a-dia não faz você esquecer de planos que traçou para realizar em sua vida?

Vemos os problemas sociais. Crianças viciadas em drogas, menores sendo explorados, pessoas sendo mortas todos os dias.

Vivemos acomodados. Acostumamos com uma realidade que julgamos normal, mas que está longe de ser algo natural.

Assistimos todos os dias nos noticiários, ouvimos falar, lemos em jornais tragédias que nos cercam. E esses problemas, nenhum pouco pequenos, passaram a fazer parte de nossa rotina.

Reclamamos de coisas banais, reclamamos por costume. Mas poucas são as atitudes que tomamos para melhorar essa sociedade em que estamos inseridos.

Traçamos metas e desistimos no meio do caminho.

Chegou a hora de mudar a situação, de pararmos de “olhar apenas para o nosso umbigo”.

Deixo a reflexão para ser feita por você. Para pensar no dia de hoje e para prestar mais atenção enquanto faz uma simples caminhada pela rua.

Pessoas procuram apoio, procuram ser ouvidas, um sorriso e não uma cara feia, julgando antes mesmo de conhecer pode fazer muita diferença.

A atitude de mudança começa por mim e por você e começa nesse exato momento.

17 de mar de 2009

Vida, confusão, personalidade



Pensei muito e não sabia o que iria postar, mas sentia a necessidade de escrever algo.

Vários assuntos me vieram a mente, nenhum que me agradasse, resolvi falar sobre mim, admito que também não é um assunto que muito me agrada, mas sinto vontade de falar sobre isso hoje.

Continuo neste meu mundo que ora parece tão claro, ora parece uma grande confusão.

Idéias que se confundem, amizades conquistadas, sonhos do passado sendo esquecidos, deixados de lado ou passando despercebidos. Uma personalidade sendo transformada, moldada, mas sem perder a essência.

Realmente é muito complicado me entender, poucos possuem tamanha capacidade.

A única coisa que permanecerá sempre é a certeza da fé que carrego comigo aonde eu for e a certeza de que existe um ser maior que me protege de todas os perigos e me mostra o caminho certo e a hora certa para realizar determinadas atitudes.

Meu Pai, Meu Deus que jamais me abandonou!

10 de mar de 2009



Diferentes formas, cores, personalidades, classes sociais, diferentes idéias, culturas, diferentes partidos políticos, diferença de estatura, de peso, de idade, diferentes qualidades e defeitos.

Mundos diferentes.

Diferenças que se completam e que causam intrigas.

Diferenças que sabemos que são normais.

Então como julgar uma pessoa pelo seu modo de vestir, pelo seu cabelo, pela sua cor de pele?

É preciso despertar de tamanha alienação, diferença jamais indicará superioridade.

Vivemos em uma sociedade exemplo da miscigenação, mas com um preconceito guardado dentro de cada indivíduo.

Diferenças existem e são necessárias, pensamentos diferentes fazem grupos progredirem.

Cada um de nós possui sua própria personalidade, beleza e qualidade que se diferencia de qualquer outra pessoa.

Respeite as diferenças!!!

6 de mar de 2009



"A leitura é uma fonte inesgotável de prazer mas por incrível que pareça, a quase totalidade, não sente esta sede"

Carlos Drummond de Andrade